Como os consumidores maduros respondem ao email marketing? [Infographic]

Como os consumidores maduros respondem ao email marketing? [Infographic]

Smartphone UX
cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Informações do chefe de insight da Data & Marketing Association, Tim Bond, revelam atitudes e comportamentos de e-mail entre dados demográficos com mais de 45 anos

O mundo tecnológico em que vivemos e trabalhamos continua a evoluir, aparentemente oferecendo novas maneiras de envolver os clientes a cada momento. Mas essa empolgação com as novidades não deve distrair os profissionais de marketing do canal central que ainda ressoa nos consumidores.

Se eles estão considerando uma compra, acabaram de fazer uma ou precisam de ajuda, esses números mais recentes destacam a capacidade do e-mail para ajudar as marcas a se envolverem na jornada do cliente.

A pesquisa “Consumer Email Tracker 2020” da DMA revelou que o email continua sendo um canal principal para atrair e envolver clientes durante toda a jornada do cliente.

Continua sendo o canal preferido para os consumidores antes e depois da compra e para consultas sobre atendimento ao cliente.

Apesar das descobertas do relatório ‘Customer Engagement: Acquisition and the Consumer Mindset’ do DMA, que descobriu que as mídias sociais ultrapassaram os e-mails pela primeira vez entre clientes de 18 a 24 anos de idade.

Nossas análises e infográficos mais recentes revelam como diferentes faixas etárias respondem ao marketing por email, com foco em coortes maduras.

Provedores de email

Quando se trata de verificar sua caixa de entrada pessoal, a maioria dos clientes na coorte de 45 a 65 anos o faz pelo menos uma vez por dia.

Leia Também  Dicas para uma estratégia vencedora de integração de dados

A maioria desses clientes usa o Gmail como endereço de e-mail pessoal principal. Quando perguntados sobre o dispositivo que eles usam com mais frequência para acessar seus e-mails pessoais, em geral, todas essas faixas etárias preferem usar o computador e não o celular.

Resultados opostos foram encontrados em coortes mais jovens, que preferem telas pequenas (de dispositivos móveis a relógios inteligentes). Há um aumento dramático (73%) na preferência de desktops entre os maiores de 65 anos em comparação com os membros mais jovens da coorte – 61% (55-64 anos) e 48% (45-54 anos).

Smartphone UX

A preferência de dispositivos dos clientes também se reflete nas ações que eles realizam ao receber e-mails de marketing de marcas em seus dispositivos móveis.

Quem tem entre 45 e 54 anos prefere opções mais diretas, como visitar a loja ou o site (35%). Por outro lado, os clientes com mais de 65 anos usariam um computador (45%) ou tablet (13%) antes de executar outras etapas.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

O grupo do meio, 55-64 anos, é bastante dividido entre as duas opções (28% computador – 31% tablet).

Privacidade do email

44% entre os 55-64 anos e 48% entre os maiores de 65 anos declararam que o RGPD
não os deixou mais confiantes sobre como as marcas tratam suas informações pessoais.

Além disso, os consumidores com mais de 45 anos têm uma probabilidade significativamente maior de relatar ‘Frequentemente’ se perguntando como as marcas obtiveram seu endereço de e-mail e esse percentual aumenta com a idade.

O futuro do email é brilhante, mas os desafios permanecem

Como um setor, devemos abordar essas áreas-chave para manter a posição do e-mail como o principal
thread em torno do qual uma experiência multicanal pode ser construída.

Leia Também  Ferramentas e modelos para sua próxima campanha

Isso significa usar os dados disponíveis, pensar estrategicamente e perguntar “por quê?” com um pouco mais de frequência e um pouco de criatividade para executar campanhas que serão totalmente engajadas. É nesse mix que nasce o marketing verdadeiramente inteligente.

Em uma era de personalização em massa e inovação tecnológica, precisamos demonstrar que os dados compartilhados pelos consumidores são usados ​​para melhor servi-los.

Uma área de mudança que podemos testemunhar nos próximos anos poderá ver empresas oferecendo
destinatários mais controle de seus dados e opções de preferências aumentadas – para ajudar os profissionais de marketing
encontre um equilíbrio melhor entre frequência e relevância do envio de e-mails.

É importante lembrar que o uso responsável e inovador de dados pode criar
confiança e vontade de compartilhar idéias – criando melhores oportunidades para os negócios e para o cliente.

A incorporação dessa mentalidade centrada no cliente na cultura organizacional pode ajudar a consolidar ainda mais a posição do email como um canal poderoso que pertence ao coração das comunicações da marca.

Veja todos os infográficos de tamanho pequeno mais recentes Consumer Email Tracker 2020.

Como cientista social por treinamento e profissional de comunicação por profissão, Tim Bond agora combina esses dois campos em seu papel na DMA. Ele possui um mestrado em Sociologia pela Universidade de Aberdeen e, na última década, continuou a utilizar esse conhecimento em ciências sociais para desenvolver campanhas de pesquisa em diversos setores. Uma parte essencial de sua função na DMA é o desenvolvimento de insights acionáveis ​​para o setor de marketing orientado a dados, que também apóia a crença central da associação em colocar o cliente em primeiro lugar e liderar o setor de negócios em criatividade e inovação./div>

Leia Também  Apresentando visualizações específicas de casos de uso | MuleSoft Blog

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br
Luiz Presso
Luiz Presso